A açao de eliseu contra os sirios na guerra

A Síria estava em guerra contra Israel. O rei da assíria estava tentando se organizar taticamente para atacar a Israel e então montava seu acampamento em determinada região e depois trocava. Toda vez que ele montava o acampamento Eliseu avisava ao rei de Israel “Evita passar por tal lugar, pois os sírios estão lá”.

Full
Answer

Como foi a guerra na Síria?

Em 18 de fevereiro de 2018, o exército de Bashar al-Assad, passou a atacar violentamente a região de Ghouta, reduto que lhe faz oposição. Estima-se que mais de 300 pessoas foram mortas durante o bombardeio. Em 24 de fevereiro de 2018, a ONU decretou uma pausa humanitária a fim de fazer entrar um comboio na zona conflitiva de Guta Oriental.

Por que o rei da Síria enviou um exército para a cidade onde o profeta estava hospedado?

O rei da Síria decidiu tomar Eliseu como um prisioneiro e enviou um exército para a cidade onde o profeta estava hospedado. Sob o manto da escuridão, os guerreiros sírias cercaram a cidade. Quando o servo de Eliseu acordou no início da manhã para começar a sua rotina habitual, ele encontrou-se com vista sobre um exército de sírios.

Por que a guerra na Síria foi deflagrada?

A Guerra na Síria começou em 2011, dentro do contexto da Primavera Árabe quando houve uma série de protestos contra o governo de Bashar al-Assad (1965). A guerra afetou em cheio a população civil estimada em mais de 24 milhões de pessoas nos primeiros cinco anos e ainda não terminou.

Por que o Exército da Síria chegou à cidade de Dotã?

Ben-Hadade, o rei da Síria, tentou várias vezes atacar Israel. Mas o profeta Eliseu sempre avisava ao rei de Israel o que Ben-Hadade ia fazer. Por isso, os ataques de Ben-Hadade nunca davam certo. Então, ele resolveu mandar o exército da Síria ir até a cidade de Dotã para prender Eliseu. O exército da Síria chegou em Dotã à noite.


Quem era o rei da Síria no tempo de Eliseu?

Benadade IIRei de Arã-DamascoAntecessor(a)Benadade ISucessor(a)Hazael (usurpador)Morte843 a.C.3 more rows


Quais foram os principais propósitos do chamado de Eliseu?

Eliseu abate o boi com o qual estava arando a terra e dá uma festa de despedida . O compromisso dele com Deus significava compromisso com o povo. Eliseu serviu a Elias sendo fiel companheiro e excelente aluno. Tornou-se mais tarde o seu substituto eficiente na liderança.


O que significa rei da Síria?

O título de “rei da Síria” apareceu no século II a.C., referindo-se aos reis selêucidas que governavam toda a Síria.


Quem era o rei da Síria na Bíblia?

1 E Ben-Hadade, rei da Síria, ajuntou todas as suas forças; e trinta e dois reis, e cavalos e carros havia com ele; e subiu, e cercou Samaria, e pelejou contra ela. 2 E enviou à cidade mensageiros, a Acabe, rei de Israel.


Quantos anos tinha Eliseu quando Elias o chamou?

QUEM FOI O PROFETA ELIZEU Discípulo e sucessor de Elias (Eliahu Hanavi), Elliseu (Elisha), que do hebraico significa “Deus é salvação”, serviu seu povo por 60 anos, tendo realizado grandes milagres, diferentes dos que quaisquer outros profetas, e o dobro dos realizados por seu grande mestre.


O que significa a capa de Elias para Eliseu?

O manto de Elias ser passado para Eliseu simbolizou a transferência da autoridade profética para Eliseu. Nos tempos atuais, às vezes, falamos do “manto” de autoridade que o profeta recebe quando é ordenado e designado. Embora o profeta atual não use manto nem capa, Deus concede-lhe as chaves do sacerdócio.


Quem era o rei da Síria em 2 Reis 6?

(2 Reis 6:23-24) A vitória de Israel ²⁴ E sucedeu, depois disso, que Ben-Hadade, rei da Síria, reuniu todo o seu exército, e subiu, e sitiou Samaria.


Quem era o rei da Síria em 2 Reis 5?

Naamã (em hebraico: נַעֲמָן, “agradabilidade”) era um comandante dos exércitos de Benadade II, no tempo de Jorão, rei de Israel. Ele é mencionado em 2 Reis 5 do Tanaque.


Quem é o rei de Israel?

Reino de IsraelReino de Israel ממלכת יִשְׂרָאֵל • Reino de Israel← 930 a.C. — 722 a.C. →Forma de governoMonarquiaRei• Jeroboão (primeiro) • Oseias (último)9 more rows


Quem era o povo da Síria?

Na Antiguidade, a Síria era a junção de diversos Estados (Gesur, Zobá, Arã e Damasco). Naquele tempo, os habitantes sírios lutavam para tomar as terras de Israel. Os Estados da Síria se unificaram pelo comando de Damasco. A Mesopotâmia (Iraque e Líbano, atualmente) fazia parte do país.


Qual era o Deus dos sírios?

Rimom (em hebraico: Rimmôn, “romã”) era um deus arameu equivalente a Adade, o deus do trovão, chuva e tempestade. No Reino de Aram-Damasco, era chamado Baal, e na Assíria aparecia como Ramanu, “o trovão”. Naamã, o comandante do exército arameu, o cultuou em seu tempo em Damasco.


Quem nasce na Síria e árabe?

Os árabes são o maior grupo étnico do Oriente Médio. São maioria no Egito, Jordânia, Síria, Líbano, Iraque, nos países da península Arábica e nos territórios sob a Autoridade Palestina. Também estão presentes nos países do norte da África, reunindo ao todo 415 milhões de pessoas.


O milagre das águas purificadas

Eliseu e seus seguidores pararam em Jericó, e Eliseu ouviu falar que a situação da cidade não era boa, pois a água estava contaminada e a terra estéril. Então Eliseu pediu um prato e um pouco de sal, colocou sal no prato e o lançou no manancial daquelas águas e disse:


Os meninos zombeteiros

Eliseu foi dali para Betel e enquanto estava no caminho passou por alguns meninos que zombavam dele “Sobe Calvo!” – diziam. Eliseu os amaldiçoou e duas ursas saíram do bosque e devoraram 42 daqueles meninos.


A multiplicação de alimento em Gilgal

Na terra de Gilgal, onde Eliseu estava, havia fome. Um homem de Baal-salisa trouxe vinte pães e algumas espigas de milho a Gilgal e disse “Dá de comer ao povo”.


O machado flutuante

Os discípulos de Eliseu decidiram ir ao Jordão para fazer ali um local de reuniões. Então foram até lá e cortaram toras de madeira. Enquanto um dos discípulos cortava a árvore, o ferro do machado deslocou-se da madeira e caiu na água.


O exército Sírio é ferido de Cegueira

A Síria estava em guerra contra Israel. O rei da assíria estava tentando se organizar taticamente para atacar a Israel e então montava seu acampamento em determinada região e depois trocava. Toda vez que ele montava o acampamento Eliseu avisava ao rei de Israel “Evita passar por tal lugar, pois os sírios estão lá”.


Fome durante o cerco

Depois de um tempo a Síria voltou a atacar Israel. O rei da Síria ordenou que seu exército cercasse a cidade de Samaria. Os habitantes da cidade não podiam sair. O Cerco durou tanto tempo que causou uma fome terrível em toda a cidade. Um dia o rei de Israel fazia uma inspeção quando uma mulher o procurou gritando:


O socorro de Deus

Havia quatro leprosos que ficavam na porta da cidade. Eles decidiram ir ao acampamento dos Sírios e se render porque diziam “se ficarmos aqui vamos morrer de qualquer forma”


A batalha de hoje em dia

O exército dos poderes espirituais que se opõe a nós, hoje, é tão perigoso quanto o exército físico que cercou Eliseu.


Onde devo colocar a minha fé?

O servo de Eliseu, confiou apenas no que ele poderia ver e entender, e por isso ele foi desencorajado instantaneamente. Ele reconheceu que eles enfrentaram um obstáculo grande demais para o homem a superar. Na tentativa de resolver seus problemas humanos com sua compreensão humana, ele estava cego para a luta espiritual.


Eliseu faz flutuar o ferro de um machado

Durante a reconstrução dessa obra, uma cabeça de machado emprestada foi perdida. Para as pessoas que não tinham dinheiro para comprar um machado, essa não foi uma perda pequena. Por isso o moço ficou desesperado, e pediu ajuda ao homem de Deus.


A ação de Eliseu na guerra contra os siros

As histórias restantes de Eliseu se concentram em suas relações com os governantes de Israel e da Síria. Deus usaria a Síria para punir Israel por seus pecados durante o período da dinastia Onri, mas primeiro ele tinha várias lições para ensinar às duas nações.


Samaria é cercada

Algum tempo depois, os sírios voltaram e sitiaram Samaria. Com pessoas morrendo de fome e sem ajuda de Deus à vista, o rei culpou Eliseu pelo problema e tentou assassiná-lo (2 Reis 6:24-33).


Junho de 2014

O Estado Islâmico toma o controle de parte da Síria e do Iraque e proclama a criação de um califado, porém os ataques cessam quando os Estados Unidos ameaçam intervir no conflito.


Março de 2016

As forças de Al-Assad reconquistam a cidade de Palmira das mãos do Estado Islâmico. Durante todo o ano de 2016 são feitas algumas reuniões entre as partes beligerantes a fim de alcançar a paz.


Setembro de 2016

As forças russas e exército sírio bombardeiam Alepo e reconquistam. A batalha pela cidade durou quatro anos e se tratava de um ponto estratégico importante, pois é a segunda cidade mais importante do país.


Janeiro de 2017

Começam as negociações que serão conhecidas como o “Processo de Astana” quando vários atores da guerra tentam negociar um cessar-fogo. O Acordo de Astana foi ratificado apenas por Rússia, Irã e Turquia, não sendo ratificado pela governo sírio ou a oposição no exílio.


Abril de 2017

O Exército sírio lança um ataque com gás sarin à população civil da cidade de Khan Shaykhun, no dia 4 de abril, deixando uma centena de mortos. Como resposta, pela primeira vez, os Estados Unidos atacam diretamente a base síria d’Al-Chaayrate lançando mísseis.


Fevereiro de 2018

Em 18 de fevereiro de 2018, o exército de Bashar al-Assad, passou a atacar violentamente a região de Ghouta, reduto que lhe faz oposição. Estima-se que mais de 300 pessoas foram mortas durante o bombardeio.


Abril de 2018

Na primeira semana de abril, um ataque com armas químicas foi efetuado na localidade de Jan Sheijun. Ainda que não se soube com certeza se foram os russos ou o o exército de Bashar al-Assad que usou este armamento, o ataque provocou uma reação imediata de França, Estados Unidos e Reino Unido.

Leave a Comment