A açao dos globulos de fluoretos de calcio

image

Quais são as consequências do fluoreto de cálcio?

Toxicidade do fluoreto de cálcio, no entanto, acredita-se ser muito mais graves. Ao longo do tempo, o consumo de água fluoretada contendo mais do que oito ppm pode causar danos aos rins, fígado e coração. Problemas nervosos, reprodutivos, e supra-renais podem ocorrer, especialmente nos muito jovens e os muito velhos.

Como o fluoreto de cálcio pode causar cárie dentária?

Uma deficiência em fluoreto de cálcio pode conduzir a um risco aumentado de cárie dentária.Quando excesso de flúor é consumido, podem ocorrer alterações na aparência dos dentes, uma condição geralmente chamado fluorose. Manchas brancas podem aparecer, ou os dentes podem tornar-se inadequadamente colorido.

Qual a fórmula molecular do fluoreto de potássio?

Portanto, no caso do fluoreto de potássio, a fórmula molecular será KF (o metal potássio apresenta NOX +1), já a fórmula molecular do fluoreto de magnésio será MgF 2, pois o metal magnésio apresenta NOX +2.

Qual é a estabilidade de um átomo de flúor?

Dessa forma, o átomo de flúor necessita de um elétron para adquirir a estabilidade de um gás nobre (de acordo com a Regra do Octeto, oito elétrons na camada de valência conferem maior estabilidade a um átomo).

image


Para que serve o fluoreto de cálcio?

O fluoreto de cálcio puro costuma ser adicionado à água potável, além de ser utilizado como catalisador na desidratação e na desidrogenação. É responsável pela manutenção da saúde dos ossos e tecido conjuntivo. Ele pode também ajudar a fortalecer o esmalte dos dentes, para impedir a formação de cáries.


Qual a ação do fluoreto no controle da cárie dentária?

O flúor, quando presentes na boca, também é armazenado na placa. O fluoreto funciona para controlar cáries iniciais de várias maneiras. O flúor armazenado na placa e na saliva inibe a desmineralização do esmalte sadio e aumenta a reminerali- zação do esmalte desmineralizado.


Qual a ligação do fluoreto de cálcio?

O fluoreto de cálcio é representado pela fórmula $$$CaF_2$$$. Assim, são necessários 2 átomos de flúor para receber os dois elétrons doados pelo cálcio. Temos a formação de um íon $$$Ca^2+$$$ e dois íons $$$F^-$$$.


Qual a ação do flúor?

O flúor trabalha nos processos de desmineralização e remineralização que ocorrem naturalmente na boca. Além disso, possui efeito antienzimático e antimicrobiano, eliminando algumas bactérias e impedindo a multiplicação das mesmas.


Como o flúor age no combate à cárie?

– O flúor ajuda a endurecer o esmalte dos dentes permanentes que já se formaram. – O flúor trabalha durante os processos de desmineralização e remineralização que ocorrem naturalmente em sua boca. Sua saliva contém ácidos que causam a desmineralização nos dentes. Estes ácidos são liberados após a alimentação.


Qual é o pH crítico do esmalte na presença de fluoreto?

O valor de seu pH crítico muda quando exposta aos íons fluoreto, fazendo com que o esmalte e a dentina resistam à desmineralização em meio ainda mais ácido do que o mencionado anteriormente, passando os valores do novo pH crítico a ser de 4,5 para o esmalte e 5,5 para a dentina (CURY, 2001).


Quem participa da ligação iônica?

A ligação iônica, também chamada de ligação eletrovalente ou heteropolar, é um tipo de ligação química que ocorre quando o átomo de um metal cede definitivamente um ou mais elétrons para o átomo de um ametal, semimetal ou hidrogênio.


Qual a ligação do cloreto de sódio?

ligação iônicaA composição da molécula de cloreto de sódio é dada por um átomo de cloro (Cl) e um átomo de sódio (Na), na proporção de 1 para 1. Os átomos dessa molécula são conectados por ligação iônica e formam íons Na + e Cl – quando dissociados em meio aquoso.


Qual é a fórmula química do fluoreto de cálcio?

CaF2Calcium fluoride / Fórmula


Onde o flúor age no esmalte?

Ação do flúor nos dentes “Ele se incorpora aos cristais de hidroxiapatita do esmalte, formando a fuorapatita, mais resistente aos ácidos bacterianos”, explica o dentista. O benefício do uso do flúor nos dentes permanentes já erupcionados é também dificultar a proliferação dessas bactérias pela boca.


Porque o flúor faz mal à saúde?

Quando ingerido em excesso, o flúor pode provocar uma intoxicação chamada de fluorose, na qual surgem manchas brancas ou marrons nos dentes.


Como é a absorção do flúor no organismo humano?

De acordo com a Direção Geral de Saúde (DGS) (2005), cerca de 75 a 90% do flúor ingerido é absorvido pela via digestiva, no entanto, a mucosa bucal é responsável por menos de 1% da sua absorção.


Cálcio (Ca)

O cálcio é um elemento químico do grupo 2 (metais alcalino-terrosos) que pertence ao quarto período da tabela periódica.
O cálcio é um metal altamente reativo, mas menos reativos que os metais do grupo 1. É divalente e forma compostos iônicos incolores.


Estrutura eletrônica

O cálcio possui dois elétrons s no nível eletrônico mais externo. Ignorando os níveis internos preenchidos, a sua estrutura eletrônica pode ser representada como 4s 2.


Tamanho dos átomos e dos íons

O cálcio é grande, mas menor que os correspondentes elementos do Grupo 1, pois a carga adicional no núcleo faz com que esta atraia mais fortemente os elétrons, a retirada de dois elétrons aumenta ainda mais a carga nuclear efetiva. Logo, esse elemento possui densidade maior que os metais do Grupo 1.
O cálcio possui cor branca prateada.


Energia de ionização

A energia total requerida para obter íons divalentes gasosos do cálcio (primeira energia de ionização + segunda energia de ionização) é mais de quatro vezes maior que a energia necessária para formar um íon M + a partir dos correspondentes elementos do Grupo 1.


Eletronegatividade

O valor de eletronegatividade do cálcio é baixo. Quando Ca reage com elementos tais como halogênios e oxigênio, a diferença de eletronegatividade será grande e os compostos formados serão iônicos.


Solubilidade

A solubilidade da maioria dos sais diminui com o aumento do peso atômico, embora se observe a tendência inversa no caso dos fluoretos e hidróxidos. No caso do cálcio ele é bem solúvel.
O sulfato de cálcio é insolúvel e os carbonatos, oxalatos, cromatos e fluoretos são insolúveis.

image

Leave a Comment