A açao dos jesuitas com os nativos

image


Qual a relação dos jesuítas com os povos indígenas?

Os jesuítas surgem como responsáveis pela inserção desses sujeitos no corpo social lusitano. Através da catequese, relacionavam-se intercultural mente com os nativos, objetivando a salvação de suas almas. Logo, existe uma relação intercultural funcional ao estado português.


Qual era o objetivo dos jesuítas para com os indígenas?

As missões eram povoados indígenas criados e administrados por padres jesuítas no Brasil Colônia, entre os séculos 16 e 18. O principal objetivo era catequizar os índios. A catequização, no entanto, tinha efeitos colaterais que não interessavam aos conquistadores portugueses.


Como se deu a atuação dos jesuítas com os povos indígenas?

No Brasil, eles chegaram em 1549 com o objetivo de cristianizar as populações indígenas do território colonial. Incumbidos dessa missão, promoveram a criação das missões, onde organizavam as populações indígenas em torno de um regime que combinava trabalho e religiosidade.


Que visão os jesuítas tinham dos nativos americanos?

Assim, os jesuítas realizavam a catequese dos povos nativos, além de realizarem uma tentativa de aculturação ao tentar assimilar o nativo a um modo de vida europeu. Os jesuítas também enfrentaram inúmeros conflitos com os colonos que escravizavam indígenas durante os séculos XVI e XVII.


Como os jesuítas ensinavam?

A instrução era feita por meio do estudo da leitura, da apresentação e da interpretação da palavra divina, pois assim se poderia compreender melhor o mundo supostamente desconhecido pelos nativos. Os jesuítas perceberam que não seria possível converter os índios à fé católica sem que soubessem ler e escrever.


Quais os motivos que trouxeram os padres jesuítas para o Brasil?

Os jesuítas vieram com o Governo Geral principalmente para catequizar os índios, educa-los, salvar as suas almas, vieram também para dar uma noção de família européia aos colonos que viviam na colônia, os jesuítas temiam ainda a vinda dos protestantes e dos judeus.


Como foi o primeiro contato entre os jesuítas e os índios?

O contato inicial entre brancos e índios foi amistoso, como se pode ver, por exemplo, na carta de Pero Vaz de Caminha, onde o escrivão narra momentos de descontração e festa entre as duas raças. Na verdade, esse contato amigável se estendeu pelas três ou quatro primeiras décadas de colonização.


Qual foi a contribuição dos jesuítas para a educação brasileira?

Os jesuítas contribuíram para o desenvolvimento da educação, foram os primeiros educadores na história do Brasil, com a determinação de evangelizar conquistaram afetivamente os nativos, mantendo relações educacionais, estabeleceram ensinamentos religiosos e lições relevantes para as vivências nas missões.


Quem eram os jesuítas e qual era o seu objetivo?

os jesuítas eram padres que pertenciam à companhia de jesus, uma ordem religiosa vinculada à igreja católica que tinha como objetivo a pregação do evangelho pelo mundo. essa ordem religiosa foi criada em 1534 pelo padre inácio de loyola e foi oficialmente reconhecida pela Igreja a partir do papa Paulo III em 1540.


Como era a atuação jesuítica na economia e política nas Américas?

Eram, em larga medida, autossuficientes, dispunham de uma completa infraestrutura administrativa, econômica e cultural que funcionava num regime comunitário, onde os nativos foram educados na fé cristã e ensinados a criar arte às vezes com elevado grau de sofisticação, mas sempre em moldes europeus.


Como eram denominadas essas duas tribos na visão dos jesuítas?

No contato com os indígenas, os jesuítas os classificaram em dois grandes grupos: os Tupis, povos de “língua geral”, e os Tapuias, povos de “língua travada”. Estes últimos foram depois identificados como Jês.


O que podemos destacar na atuação de jesuíta?

– Catequizar os índios americanos, transmitindo-lhes as línguas portuguesa e espanhola, os costumes europeus e a religião católica; – Difundir o catolicismo na Índia, China e África, evitando o avanço do protestantismo nestas regiões; – Construir e desenvolver escolas católicas em diversas regiões do mundo.

Leave a Comment