A aposentadoria por tempo de contribuição acabou

image

Full
Answer


Quando vai acabar a aposentadoria por tempo de contribuição?

Também conhecida como Aposentadoria por Tempo de Serviço, ela foi uma das regras que mais sofreu alterações em 2019, com a entrada em vigor da Reforma da Previdência. Tanto que a Aposentadoria por Tempo de Contribuição somente passou a ser possível em 2022, por meio das regras de transição.


Não é mais possível se aposentar por tempo de contribuição?

O trabalhador não poderá mais se aposentar pelo tempo de contribuição ao INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). Daqui para frente, o contribuinte terá que se encaixar nas seguintes regras de transição, que também vale para quem nunca contribuiu. Antes, em 2020, essa Regra era 87/97.


Quem tem direito a se aposentar pela regra antiga?

Trabalho com ruído, químicos, eletricidade ou agentes biológicos: o INSS normalmente não considera esse tempo como especial; Trabalho sem carteira assinada; Trabalho como autônomo; Tempo de auxílio-doença, desde que intercalado entre períodos contributivos.


Quem tem 35 anos de contribuição e 55 anos de idade?

Está para ser aprovada lei no Congresso que faz a média das 70% maiores contribuições (o que aumentará a média em relação aos atuais 80%). E se a soma da sua idade com o tempo de contribuição for igual ou maior do que 95 o fator previdenciário não será usado. Então hoje você tem 35 + 55 = 90. Não tem ainda 95.


Quantos anos para se aposentar por tempo de serviço 2022?

Por conta de seus requisitos, os segurados poderão se aposentar até 2022. O máximo de tempo para contribuir é de 3 anos que encerra neste ano. Sendo assim, as mulheres que tinham 28 anos em 2019, completarão os requisitos em 2022 e os homens que tinham 33 anos em 2019 também.


Como fica a aposentadoria por tempo de contribuição em 2021?

Por meio dessa regra, em 2021, a idade mínima era de 57 anos de idade e 30 anos de contribuição para mulheres, e 62 anos de idade e 35 anos de contribuição para os homens. Em 2022, no entanto, a idade mínima para as mulheres é de 57 anos e seis meses; já para os homens é de 62 anos e seis meses.


Quantos anos de contribuição para se aposenta na lei antiga?

Sendo assim, as mulheres precisariam contribuir com 30 anos de serviço e os homens, 35 e ter contribuído por 15 anos para pode ser aposentar. Após reforma a idade mínima de aposentadoria das mulheres foi determinada em 62 anos e 65 para os homens. A mulher precisa contribuir 15 anos e os homens, 20.


Pode se aposentar com 26 anos de contribuição?

Posso me aposentar tendo contribuído 25 anos? A melhor resposta para essa pergunta é: “depende”. A única forma de se aposentar nessas condições é ser uma mulher e ter, no mínimo, 48 anos de idade. Essa é a chamada aposentadoria proporcional.


Pode se aposentar com 57 anos?

Aqui, na regra da idade progressiva, além de você precisar cumprir o mínimo de recolhimento da Aposentadoria por Tempo de Contribuição (35/30 anos), você também deverá ter uma idade mínima (que aumentará gradualmente com o passar dos anos). 30 anos de tempo de contribuição; 57 anos e 6 meses de idade.


Quem tem 30 anos de contribuição e 55 anos de idade pode se aposentar?

1- Regra de transição do tempo de contribuição mais a idade mínima. Em 2022, as mulheres precisarão ter 57 anos e seis meses de idade e contabilizar o mínimo de 30 anos de contribuição. Portanto, não será possível se aposentar com 55 anos de idade por essa regra de transição.


Quem já tem 31 anos de contribuição pode se aposentar?

Idade mínima com 30 anos de contribuição: como funciona? Quem tem 30 anos contribuindo na iniciativa privada, já pode pedir aposentadoria seguindo algumas regrinhas. Em 2019, mulheres com 56 anos de idade e 30 de contribuição já podem se aposentar. A cada ano, o requisito de idade mínima sobe em 6 meses.


É possível se aposentar com 32 anos de contribuição?

Não há exigência de idade mínima, sendo necessário ao menos 30 anos (mulher) ou 35 anos (homem) de contribuição. * Será aplicado o fator previdenciário no cálculo da renda mensal da aposentadoria por tempo de contribuição, que consiste em uma fórmula redutora que considera a idade e o tempo de contribuição do segurado.


Quem tem mais de 20 anos de contribuição pode se aposentar?

A primeira é o aumento do tempo de contribuição dos homens: eles precisam cumprir 20 anos de tempo de contribuição. Ou seja, se você é homem e for se aposentar depois da Reforma, serão necessários: 65 anos de idade; 20 anos de tempo de contribuição.


Quem já tem 31 anos de contribuição pode se aposentar?

Idade mínima com 30 anos de contribuição: como funciona? Quem tem 30 anos contribuindo na iniciativa privada, já pode pedir aposentadoria seguindo algumas regrinhas. Em 2019, mulheres com 56 anos de idade e 30 de contribuição já podem se aposentar. A cada ano, o requisito de idade mínima sobe em 6 meses.


Quem tem 57 anos é 30 anos de contribuição pode se aposentar?

Aqui, na regra da idade progressiva, além de você precisar cumprir o mínimo de recolhimento da Aposentadoria por Tempo de Contribuição (35/30 anos), você também deverá ter uma idade mínima (que aumentará gradualmente com o passar dos anos). 30 anos de tempo de contribuição; 57 anos e 6 meses de idade.


Como ficou o tempo de aposentadoria?

Contribuintes homens que tenham 20 anos de contribuição ao RGPS podem se aposentar desde que tenham, também, pelo menos 65 anos de idade. Caso ele consiga se adequar às regras de transição de idade progressiva, poderá solicitar o benefício aos 62 anos de idade, em 2021.


Aposentadoria programada: como funciona?

A aposentadoria programada veio substituir a aposentadoria por tempo de contribuição e a aposentadoria por idade. Basta conferir o artigo 25, I, do decreto 3.048/99 para visualizar quais aposentadorias foram revogadas e quais ainda prosperam no novo sistema de regras:


Novo cálculo do valor de aposentadoria

Tanto para as regras de transição, quanto para as novas aposentadorias, o método de cálculo não é mais o mesmo, ele piorou bastante e deve sempre ser levado em conta na hora do planejamento previdenciário. Veja:


Breves conclusões

Como pudemos entender, as aposentadorias por tempo de contribuição e idade não existem mais. Isso não significa que elas desapareceram por completo, pois há a previsão de regras de transição para quem já contribuía segundo os requisitos dessa aposentadoria.


Como era a aposentadoria por tempo de contribuição antes da reforma?

Essa modalidade de benefício previdenciário é concedida ao segurado que completar um determinado tempo de filiação e contribuição ao INSS.


Ainda ficou com alguma dúvida?

Envie para nossa equipe por meio do email ou do “botão” de Whatsapp e fale comum Advogado Especialista em Direito Previdenciário.

image

Leave a Comment