Como a açao catolica respondeu a questao social ate 1960


O que aconteceu no Serviço Social em 1960?

Na década de 1960, acontece a expansão da profissão do assistente social. Essa época é a renovação do serviço social, época também em que grandes mudanças ocorreram na vida social, econômica, política e cultural brasileira.


O que marcou a década de 1960 a 1980 para o Serviço Social?

A renovação do Serviço Social brasileiro teve sua origem em meados da década de 1960 e apresentou três tendências: a) a modernizadora, alicerçada nos documentos de Araxá e Teresópolis, em que o Serviço Social é concebido como instrumento de intervenção a ser operacionalizado nos marcos de manutenção do capitalismo; b) …


Como a questão social era tratada pela Igreja no período de surgimento do Serviço Social?

Era a lógica do ensinamento bíblico a serviço da reprodução do capital. Portanto, a maneira de tratar a Questão Social condicionou a forma de inserção do Serviço Social na dinâmica das relações sociais de produção, ou seja, esta inserção se deu pela via da reprodução destas relações.


Como se deu o surgimento de Serviço Social no Brasil?

O serviço social nasce no Brasil, na terceira década do século XX, em resposta à evolução do capitalismo, sob a influência europeia (em especial sob o influxo belga, francês e alemão), como fruto direto de vários setores particulares da burguesia fortemente respaldados pela Igreja Católica.


O que marcou o Serviço Social na década de 80?

O Serviço Social passa por um profundo processo de renovação, repercutindo na sua produção teórica e prática, refletindo a própria insatisfação social que caracterizou os movimentos sociais nos anos 1978-1980. Esse processo de renovação, segundo Netto (1991, p. 154)


Quais as fases históricas do Serviço Social?

O Serviço Social é uma profissão inserida na divisão social e téc- nica do trabalho, que emerge e se gesta entre os anos de 1930 e 1940, no contexto de aprofundamento do capitalismo monopolista brasileiro e do re- conhecimento da questão social.


Como surgiram os primeiros assistentes sociais?

No Brasil, as primeiras escolas de Serviço Social surgiram no final da década de 1930, quando se desencadeou no país o processo de industrialização e urbanização. Nas décadas de 1940 e 1950, houve um reconhecimento da importância da profissão, que foi regulamentada em 1957 com a Lei nº 3252.


Como era o Serviço Social na década de 30?

O Serviço Social no Brasil surge na década de 1930, na chamada “Era Getúlio Vargas”, vinculado a Igreja Católica, pautado no caráter missionário e da caridade, tendo como marco inicial a criação em 1936 da Escola de Serviço Social de São Paulo, com intuito de formar as “moças da sociedade” devotadas ao apostolado …


Como aconteceu a origem do Serviço Social no mundo?

O Serviço Social surge como uma resposta dos grupos dominantes, em especial a Igreja Católica, à latente questão social. Partimos da gênese que essa concepção inspira uma ideologia de preceitos que leva a conhecer os direitos humanos. A influência da mais-valia dentro de uma sociedade dialética.


Qual foi a primeira assistente social no Brasil?

Maria Josephina Rabello AlbanoMaria Josephina Rabello Albano fez parte da primeira turma de Serviço Social criada no Brasil, pelo Instituto Social, em agosto de 1940.


Em que século surgiu o Serviço Social?

Resumo. O Serviço Social é uma profissão dinâmica que possui um curto, mas belo processo histórico. Seus fundamentos foram estruturados no final do século XIX, quando se consolidou o processo de industrialização, conhecido na história da humanidade como Revolução Industrial.


Quais são os aspectos da trajetória do Serviço Social no Brasil?

A história da assistente social no Brasil está entrelaçada ao início do serviço social, pois a partir da fundação do Conselho Nacional de Serviço Social (CNSS), por Getúlio Vargas, em 1938, e pela fundação da Legião Brasileira de Assistência (LBA), em 1942, que começaram os primeiros trabalhos dando apoio para as …

Leave a Comment