Como a ditadura conseguiu acabar com a guerrilha

image

Quais foram os grupos guerrilheiros que atuaram durante a ditadura militar?

Quais foram os grupos guerrilheiros que atuaram durante a ditadura militar 1 Aliança Libertadora Nacional (ALN) 2 Vanguarda Popular Revolucionária (VPR) 3 VAR-Palmares 4 MR-8 5 Partido Comunista Brasileiro (PCB) 6 Organização Revolucionária Marxista – Política Operária (Polop) 7 Comando de Libertação Nacional (COLINA)

Quais foram os motivos que levaram ao surgimento da guerrilha rural?

Por fim, havia aqueles inspirados pela resistência dos vietnamitas na Guerra do Vietnã ou pela ação de Che Guevara, que buscavam na guerrilha rural um modo de acabar com o regime militar. Também a tática de focos de guerrilha rural empregada na China era o modelo para esses grupos.

Quanto tempo durou a Guerra da guerrilha?

Em 1972 as bases da guerrilha foram descobertas e iniciou-se uma guerra que durou dois anos e meio. Nesse momento a guerrilha foi iniciada de fato.

O que é uma guerrilha?

Guerrilha é uma técnica de combate baseada na ocultação e na mobilidade dos combatentes.

image


O que causou o fim da ditadura militar?

O regime acabou quando José Sarney assumiu a presidência, o que deu início ao período conhecido como Nova República (ou Sexta República). Apesar das promessas iniciais de uma intervenção breve, a ditadura militar durou 21 anos.


O que foi a guerrilha na ditadura militar?

A Guerrilha do Araguaia optou pela luta armada como meio de combate à Ditadura Militar. No Brasil, a chegada dos militares ao poder através do golpe de 1964 inaugurou uma nova fase dos movimentos de esquerda que lutava contra o regime.


Como o governo militar combateu a Guerrilha do Araguaia?

Foram três investidas do governo utilizando homens das três Forças Armadas e da Polícia Militar, cujas estimativas oscilam entre 3.500 e 20 mil homens. Recentemente, a Comissão da Verdade afirmou que o Exército usou napalm para combater os guerrilheiros.


Quais foram as formas de enfrentar a ditadura militar?

A luta armada foi uma das formas encontradas pela oposição para enfrentar a ditadura civil-militar no Brasil. A ditadura civil-militar que vigorou no Brasil entre 1964 e 1985 teve como uma das formas de oposição a luta armada contra o regime.


Quando acabou a luta armada no Brasil?

1972A luta armada contra a ditadura militar brasileira consistiu em uma série de ações promovidas por diversos grupos de esquerda, especialmente entre 1968 e 1972, período marcado pelo endurecimento do regime.


Quem lutou contra a ditadura militar?

Os principais grupos armados durante a ditadura no Brasil foram: Vanguarda Popular Revolucionária (VPR), Vanguarda Armada Revolucionária – Palmares (VAR- Palmares) e Ação Libertadora Nacional (ALN).


Como ocorreu o fim da Guerrilha do Araguaia?

1966 – 1974Guerrilha do Araguaia / Período


Qual foi o desfecho da Guerrilha Araguaia?

Derrota da guerrilha Dessa vez, mataram o líder da Guerrilha, Maurício Grabois, e outros guerrilheiros que restavam, mesmo após terem sido presos. Os guerrilheiros não perceberam a mudança de estratégia do Exército e, assim, no final de 1973, encerrava-se de forma brutal a guerrilha do Araguaia.


Por que os guerrilheiros conquistaram o apoio da população?

O objetivo dessa estratégia era instaurar um estado de “guerra popular prolongada” na região Norte do Brasil e, a partir disso, tentar tomar o poder no país.


Qual foi o presidente mais cruel da ditadura militar?

Médici governou sob a Constituição de 1967, que havia sido alterada pela junta militar de 1969 alguns meses antes de sua posse, para ser ainda mais repressiva do que sua antecessora. Seu regime fez uso liberal de tortura e restrita censura à imprensa.


Quais países ainda vivem em ditadura?

Casos atuaisPaísGoverno anteriorData de adoçãoSudãoRepública presidencialista federativa de partido único11 de abril de 2019MaliRepública semipresidencialista unitária19 de agosto de 2020MianmarAssembleia Nacional1 de fevereiro de 2021ChadeRepública parlamentarista de partido único20 de abril de 20212 more rows


O que foi a guerrilha urbana e rural?

Historicamente a luta de guerrilha urbana foi um fenômeno rural até 1960. A tática foi muito efetiva na luta armada em Cuba, ao contrário de outros esforços na América Latina durante os anos 1960, que não surtiram os resultados desejados.


Como foi a resistência armada?

Foi criado o Movimento Nacionalista Revolucionário e iniciaram-se contatos com guerrilheiros cubanos. A partir do movimento, formou-se uma guerrilha para atuar na Serra do Caparaó, em Minas Gerais, entre 1966 e 1967. O movimento, que contou com o apoio financeiro de Fidel Castro, não obteve sucesso.


Ideias e ações

Para o movimento, a GPP deveria ser organizada a partir da formação de núcleos de combatentes treinados nas táticas de guerrilha rural e na instalação de bases de apoio no campo, lugar em que se reúne a maior parte da população que apoiaria o movimento em uma luta árdua e por longo tempo.


Derrota da guerrilha

Apesar das primeiras campanhas terem sido favoráveis aos guerrilheiros, na terceira as Forças Armadas já possuíam as informações de que precisavam e haviam realizado um forte trabalho de assistencialismo entre os moradores da região para contrapor as ações dos guerrilheiros junto à população local.


Aliança Libertadora Nacional (ALN)

Umas das principais organizações da esquerda armada, a Aliança Libertadora Nacional (ALN) foi criada em 1968 por Carlos Marighella, Joaquim Câmara Ferreira e Virgílio Gomes da Silva, dissidentes do Partido Comunista Brasileiro (PCB).


Vanguarda Popular Revolucionária (VPR)

Movimento político-militar, a Vanguarda Popular Revolucionária (VPR) era formada majoritariamente por estudantes e ex-militares dissidentes da Política Operária (Polop) e ex-integrantes do Movimento Nacionalista Revolucionário (MNR).


VAR-Palmares

A Vanguarda Armada Revolucionária – Palmares (VAR-Palmares) foi uma organização político-militar surgida a partir da fusão entre o Comando da Libertação Nacional (Colina), a Vanguarda Popular Revolucionária (VPR) e outros grupos revolucionários do Sul do país e da Bahia.


Partido Comunista Brasileiro (PCB)

Fundado em 1922, o Partido Comunista Brasileiro (PCB) tinha como objetivo promover a revolução proletária no Brasil e conquistar o poder político para instaurar o sistema socialista. Considerado o partido mais antigo do Brasil, teve a maior parte da sua existência na ilegalidade.


Organização Revolucionária Marxista – Política Operária (Polop)

Formada em 1961 principalmente ex-militantes trotskistas e ex-militantes comunistas, a Organização Revolucionária Marxista – Política Operária (Polop) era constituída majoritariamente por intelectuais e estudantes de São Paulo, Minas Gerias e Rio de Janeiro.


Comando de Libertação Nacional (COLINA)

Criado em 1967, em Minas Gerais, por dissidentes mineiros da Polop, o Comando de Libertação Nacional (COLINA) era integrada majoritariamente por jovens estudantes universitários.


Durante sete anos, quase cem guerrilheiros tentaram combater a ditadura no improviso

Foi a maior tentativa do Partido Comunista do Brasil de instaurar um movimento comunista rural no País. O PCdoB se inspirou na Grande Marcha na China, em que 100 mil combatentes caminharam por 10 mil quilômetros em apoio a Mao Tsé-tung, em 1934.


Guerra aberta

O Araguaia foi escolhido por ser isolado e marcado por conflitos de terra. Os militantes chegaram aos poucos, compraram lotes e montaram comércios nas vilas ao redor de Xambioá (GO, atual TO) e Marabá (PA).


domingo, 25 de outubro de 2009

Vários grupos desejavam fazer uma guerrilha rural , mas o único que realmente conseguiu foi o Partido Comunista do Brasil (PCdoB) . Conhecida como guerrilha do Araguaia , foi um movimento guerrilheiro realizado na região amazônica , ao longo do Rio Araguaia existente entre 1960 á 1970 .


A guerrilha rural : o que foi , quem apoiava , quais os resultados obtidos

Vários grupos desejavam fazer uma guerrilha rural , mas o único que realmente conseguiu foi o Partido Comunista do Brasil (PCdoB) . Conhecida como guerrilha do Araguaia , foi um movimento guerrilheiro realizado na região amazônica , ao longo do Rio Araguaia existente entre 1960 á 1970 .


Origem

Presume-se que tenha sido utilizada a palavra guerrilha (guerrilla) pela primeira vez na Guerra Peninsular contra a invasão napoleônica a Portugal e Espanha, entre 1808 e 1812, embora as técnicas guerrilheiras remontem à Antiguidade.


Estratégia

Se a margem de liberdade de ação é grande, mas os meios disponíveis excessivamente fracos para obter uma decisão militar, pode-se recorrer a uma estratégia de conflito de longa duração, visando a promover a usura moral, a lassidão do adversário.


Exemplos

A Guerra do Vietnã é um exemplo típico no qual o exército regular dos Estados Unidos, sem conhecer o terreno por não ser nativo da região, acabou desmoralizado pela guerrilha Vietcong, embora aquele conflito tenha tido outros fatores e características como desfecho.

image


Contexto Histórico


enfrentamento Com O Exército

  • Assim que souberam da movimentação de comunistas no local, o Exército brasileiro foi deslocado para a região. A princípio mandaram um contingente de soldados inexperientes, mas à medida que a ação se alargava, os comandos decidiram enviar tropas mais preparadas. A população local também sofria com a guerrilha, pois as forças do governo usavam a int…

See more on todamateria.com.br


Fim Da Guerrilha Do Araguaia

  • Em 15 de março de 1975, o presidente Ernesto Geisel enviou uma curta mensagem ao Congresso afirmando que as bases guerrilheiras do Araguaia estavam “completamente reduzidas”. Algumas prisões foram efetuadas, mas vários combatentes do lado guerrilheiro morreram em emboscadas, alvejados pelas costas. É importante ressaltar que não houve prisioneiros de guer…

See more on todamateria.com.br


Filmes E Documentários

  1. Araguaya – A Conspiração do Silêncio. Direção: Ronaldo Duque. 2004.
  2. Caminhos da Reportagem:Guerrilha do Araguaia. Reportagem: Emerson Pena e Paula Simas. Edição: Floriano Filho. 2010.
  3. Camponeses do Araguaia – A Guerrilha vista por dentro. Direção: Vandré Fernandes. 2010.

See more on todamateria.com.br


Aliança Libertadora Nacional

Image
Umas das principais organizações da esquerda armada, a Aliança Libertadora Nacional (ALN) foi criada em 1968 por Carlos Marighella, Joaquim Câmara Ferreira e Virgílio Gomes da Silva, dissidentes do Partido Comunista Brasileiro (PCB). O objetivo do grupo era combater o regime militar com luta armada e instaurar um “…

See more on gazetadopovo.com.br


Vanguarda Popular Revolucionária

  • Movimento político-militar, a Vanguarda Popular Revolucionária (VPR) era formada majoritariamente por estudantes e ex-militares dissidentes da Política Operária (Polop) e ex-integrantes do Movimento Nacionalista Revolucionário (MNR). A VPR se organizava em células de três militantes que não tinham comunicação umas com as outras. Um membro de cada célul…

See more on gazetadopovo.com.br


Var-Palmares

  • A Vanguarda Armada Revolucionária – Palmares (VAR-Palmares) foi uma organização político-militar surgida a partir da fusão entre o Comando da Libertação Nacional (Colina), a Vanguarda Popular Revolucionária (VPR) e outros grupos revolucionários do Sul do país e da Bahia. A ação mais famosa do VAR-Palmares foi o roubo ao cofre do ex-governador de São Paulo, Adhemar d…

See more on gazetadopovo.com.br


MR-8

  • Batizado em homenagem à data da morte de Ernesto “Che” Guevara, o Movimento Revolucionário 8 de Outubro (MR-8) foi a denominação de dois movimentos de guerrilha. O primeiro era formado por dissidentes do PCB no estado do Rio de Janeiro e foi dizimado pela polícia em agosto de 1969. O segundo, também formado por dissidentes do PCB, permanece até hoje. De forma simil…

See more on gazetadopovo.com.br


Partido Comunista Brasileiro

  • Fundado em 1922, o Partido Comunista Brasileiro (PCB) tinha como objetivo promover a revolução proletária no Brasil e conquistar o poder político para instaurar o sistema socialista. Considerado o partido mais antigo do Brasil, teve a maior parte da sua existência na ilegalidade. Durante os primeiros anos do regime militar, o PCB passou por uma crise interior devido à estra…

See more on gazetadopovo.com.br


Organização Revolucionária Marxista – Política Operária

  • Formada em 1961 principalmente ex-militantes trotskistas e ex-militantes comunistas, a Organização Revolucionária Marxista – Política Operária (Polop) era constituída majoritariamente por intelectuais e estudantes de São Paulo, Minas Gerias e Rio de Janeiro. O objetivo do grupo era criar condições para o surgimento de um partido revolucionário da classe operária. Sua atuaçã…

See more on gazetadopovo.com.br


Comando de Libertação Nacional

  • Criado em 1967, em Minas Gerais, por dissidentes mineiros da Polop, o Comando de Libertação Nacional (COLINA) era integrada majoritariamente por jovens estudantes universitários. Como as demais organizações da esquerda armada, defendia a ação armada para libertar o Brasil da “opressão e ditadura” e, posteriormente, criar o partido revolucionário da classe operária. A orga…

See more on gazetadopovo.com.br

Leave a Comment