Como acabar com descamação do couro cabeludo

image

Full
Answer

O que é a descamação do couro cabeludo?

Muitas mulheres não abrem mão de cabelos bem lisos e chapados, sendo a progressiva uma das maneiras mais escolhidas por elas para manter esse visual. Entretanto, uma reclamação recorrente de quem opta por esse processo químico são as descamações do couro cabeludo, que dão um aspecto indesejado aos fios.

Como tratar a descamação dos cabelos?

O excesso de produtos capilares poderá danificar os fios, além de aumentar a oleosidade do couro cabeludo, causando a descamação. Por este motivo, o mais recomendado é lavar os cabelos a partir da raiz, aplicando apenas com shampoo nessa região, e deixar o produto escorrer pela extensão até as pontas dos fios.

Como tratar a dermatite do couro cabeludo?

6 doenças do couro cabeludo para prestar atenção. Desde a famosa caspa até irritações que podem causar a queda de cabelo, as doenças do couro cabeludo devem ser tratadas com um dermatologista, que vai receitar o melhor procedimento para o seu caso. 1. Dermatite seborreica. Provavelmente, essa é a doença do couro cabeludo mais conhecida e comum.

Como cuidar do couro cabeludo?

Enxague bem o cabelo. Seque o cabelo com cuidado. Se utilizar um secador, certifique-se de que não deita ar demasiado quente para não irritar o couro cabeludo. Tente não arranhar o couro cabeludo para não piorar a sua condição. Geralmente, um champô medicamentoso adequado acalma o couro cabeludo.

image


O que e bom para tirar descamação do couro cabeludo?

Lave o cabelo e o couro cabeludo 2 a 3 vezes por semana com um champô suave que contenha: Substâncias ativas antifúngicas para combater a proliferação da Malassezia furfur, Substâncias ativas que eliminem a caspa e regulem a proliferação celular, e. Componentes que acalmem o prurido.


O que pode ser descamação no couro cabeludo?

A caspa ou dermatite seborreica é uma inflamação na pele que causa principalmente descamação e vermelhidão em algumas áreas da face, como sobrancelhas e cantos do nariz, couro cabeludo, orelhas e tórax. Apresenta períodos de melhora e de piora dos sintomas.


Qual o melhor shampoo para descamação no couro cabeludo?

Os 8 melhores shampoos anticaspa do mercadoShampoo Hidratação Intensa Anticaspa Clear. … Shampoo Anticaspa e Anticoceira Head & Shoulder. … Shampoo Anticaspa Kerium DS La Roche-Posay. … Shampoo Anticaspa Hydra Detox L’Óreal. … Shampoo Anticaspa Dercos Vichy. … Shampoo Anticaspa Clássico Palmolive. … Shampoo Anticaspa Dandrene.More items…•


Qual o melhor shampoo para quem tem dermatite seborreica?

Os principais shampoos anticaspa para dermatite seborréica são:Sulfeto de selênio (Shampoo Anti Caspa Sulfeto de Selênio MultiNature);Piritionato de zinco (Head & Shoulders ZPT);Alcatrão de hulha (Zetar ou Polytar);Cetoconazol (Lozan, Medicasp ou genérico);More items…


O que piora a dermatite seborreica?

A dermatite seborreica apresenta um caráter crônico, com períodos de melhora e piora que persistem por décadas. A doença costuma agravar-se em tempo frio e seco, em situações de fadiga ou estresse emocional, após ingestão de alimentos gordurosos ou bebidas alcoólicas, em pessoas que fumam ou após banhos quentes.


Qual e a diferença entre caspa e seborreia?

A caspa, como é mais conhecida, é um dos resultados da dermatite seborreica ou seborreia. É uma inflamação crônica que pode ser seca ou oleosa. A caspa oleosa é a denominada seborreia, é a que provoca placas aderidas ao couro cabeludo.


Como limpar o couro cabeludo da seborreia?

Para limpar o couro cabeludo com seborreia ou dermatite seborreica, é preciso tomar alguns cuidados. Primeiro de tudo, use um shampoo anticaspa. Aplique o produto no couro cabeludo e massageie suavemente, usando as pontas dos dedos. Além disso, deixe o shampoo agir por pelo menos 3 minutos antes de enxaguar.


Pode lavar o cabelo todo dia com shampoo cetoconazol?

Sim! Como está usando este shampoo para tratar a pitiríase versicolor (“pano branco”), o ideal é que lave o couro cabeludo e toda a extensão dos fios com o Cetoconazol e, em seguida, pode lavar os fios com seu shampoo de costume. E lembre-se de evitar excesso de condicionador/máscara/leave in! Abraço!


Quais os sintomas de fungos no couro cabeludo?

Quais são os sintomas?Perda de cabelo em áreas circulares.Lesões arredondadas, bem definidos, com a pele vermelha e inchada e um grau variável de escala.Áreas com corte de cabelo no couro cabeludo, que se destacam com facilidade puxando-as.More items…


O que e bom para acabar com a dermatite seborreica?

COMO SE LIVRAR DA DERMATITE SEBORREICA Para tratar a dermatite seborreica no couro cabeludo, passe primeiro um shampoo antifúngico, como o cetoconazol, para aliviar a coceira. Em seguida, para a limpeza, use um shampoo superleve especialmente formulado para couros cabeludos sensíveis.


Como acabar com a dermatite seborreica naturalmente?

Como usar: misturar ½ copo de de vinagre de maçã com ½ copo de água. Mergulhar um pedaço de algodão na mistura e passar por todo o couro cabeludo. Depois, massagear o couro cabeludo com as pontas dos dedos por 2 a 3 minutos e deixar repousar por mais 20 minutos. No fim, lavar o cabelo com água fria, enxaguando bem.


Quais os sintomas do câncer no couro cabeludo?

Como identificar os sinais do câncer de pele e couro cabeludo?retração da pele;perda de elasticidade da pele;alterações na pigmentação da pele;formação de nódulos, manchas ou caroços;descamações da pele;formação de crostas;lesão que não cicatriza;lesões ou formações com crescimento rápido.


A caspa, como é popularmente conhecida, causa coceira, vermelhidão e irritação no couro cabeludo. Especialistas dão dicas para prevenção e tratamento

Mal que afeta aproximadamente 50% da população mundial, a dermatite seborreica – conhecida popularmente como caspa -, se agrava com mais intensidade no inverno.


O que é?

A proliferação do fungo Malassezia globosa e o excesso de sebo nos fios ocasiona a caspa, que nada mais é do que a descamação em placas do couro cabeludo. Por isso, a região se torna mais sensível trazendo alguns incômodos. “Coceira intensa ou moderada no couro é característica da caspa.


A descamação no couro cabeludo pode ocorrer por motivos naturais

A caspa ocorre pela descamação em excesso do couro cabeludo, sendo causado pelo aumento anormal da oleosidade na região. A raiz pode ficar com mais sebo por causa de mudanças climáticas, alteração hormonal ou até mesmo o uso de produtos inadequados a seu tipo de madeixa.


Processos de alisamento, como a escova progressiva, também são causadores da caspa

Muitas mulheres não abrem mão de cabelos bem lisos e chapados, sendo a progressiva uma das maneiras mais escolhidas por elas para manter esse visual. Entretanto, uma reclamação recorrente de quem opta por esse processo químico são as descamações do couro cabeludo, que dão um aspecto indesejado aos fios.


Cuidados diários também ajudam a tratar a descamação do couro cabeludo

Outros hábitos podem ajudar a retirar a caspa obtida depois do alisamento dos cabelos. Nos primeiros dias, lave-os com mais frequência para evitar a oleosidade em excesso que a textura lisa pode trazer, retirando a descamação aos poucos. Mas lembre-se: os produtos corretos devem ser usados para isso.


1 – Use cosméticos ideais para o seu tipo capilar

Pode até parecer um ato inofensivo, mas usar inadequadamente shampoos, condicionadores e cremes hidratantes, entre outros produtos capilares, pode ajudar a causar ou agravar o problema da caspa. Por isso, pedir orientações ao seu cabeleireiro de confiança e optar por utilizar sempre cosméticos indicados ao seu tipo de fio é essencial.


2 – Não lave o cabelo excessivamente

A higienização do cabelo é de extrema importância para prevenir ou tratar a descamação do couro cabeludo, seja para quem tem fios oleosos ou secos. Afinal, é ela que auxilia na limpeza de resíduos e na redução da oleosidade excessiva.


3 – Aposte em massagens capilares

Massagear o couro cabeludo durante a lavagem pode ser essencial para acalmar a raiz irritada, já que estimula a circulação sanguínea e aumenta o nível de oxigenação, ajudando, desta forma, até mesmo no transporte de nutrientes presentes nos produtos capilares nesta área.


4 – Evite o excesso de produtos

O excesso de produtos capilares poderá danificar os fios, além de aumentar a oleosidade do couro cabeludo, causando a descamação. Por este motivo, o mais recomendado é lavar os cabelos a partir da raiz, aplicando apenas com shampoo nessa região, e deixar o produto escorrer pela extensão até as pontas dos fios.


5 – Não esfregue a raiz capilar

Seja gentil com o seu couro cabeludo! No momento da lavagem, não esfregue rispidamente a raiz capilar, isso porque ela fica mais propensa a danos enquanto está molhada. Portanto, ser delicada na higienização também é uma forma de prevenção e tratamento da descamação.


6 – Faça esfoliações capilares

Investir em esfoliações no couro cabeludo em um intervalo de 15 dias pode ajudar a eliminar as células mortas e auxiliar no combate à oleosidade, outro ponto positivo para prevenir ou acabar de vez com a descamação na região.


O que fazer para tratar a caspa

A caspa é um fungo que existe na pele e não pode ser eliminado, mas tem como diminuir o problema e até acabar com ele, mas é preciso ter orientação médica, pois usar produtos anticaspa sem ter uma orientação de um especialista pode até piorar o problema. O tipo de produto depende de alguns fatores como:


Receitas Caseiras

Caspa é o nome popular da dermatite seborreica. A caspa pode ser definida como um processo de descamação da pele do couro cabeludo devido ao excesso de trabalho das glândulas sebáceas. Estresse, desequilíbrio hormonal ou alimentação rica em carboidratos e/ou gorduras são fatores responsáveis pelo surgimento da caspa.


1. Spray de água com vinagre

Um excelente remédio caseiro para irritação no couro cabeludo é com vinagre de maçã porque ele além de reduzir a inflamação e evitar o crescimento excessivo de fungos, também promove o rejuvenescimento do cabelo, ajudando na irritação.


2. Shampoo com óleo de melaleuca

O óleo de melaleuca, também conhecido como Tea tree, tem excelente ação antibiótica que permite eliminar o excesso de bactérias e fungos no cabelo, evitando a irritação e a descamação do couro cabeludo.


3. Chá de salsaparrilha

A raiz de salsaparrilha contém quercetina, uma substância com ação anti-inflamatória que ajuda a aliviar a irritação ao longo do tempo, sendo um ótimo complemento para o spray de vinagre de maçã e o shampoo de malaleuca. Além disto, este chá também ajuda a fortalecer o sistema imune, reduzindo o risco de ter infecções na pele.


6 doenças do couro cabeludo para prestar atenção

Desde a famosa caspa até irritações que podem causar a queda de cabelo, as doenças do couro cabeludo devem ser tratadas com um dermatologista, que vai receitar o melhor procedimento para o seu caso.


1. Dermatite seborreica

Provavelmente, essa é a doença do couro cabeludo mais conhecida e comum. A famosa – e incômoda – caspa é motivo de constrangimento para muitas pessoas. Mas de nada ela tem a ver com higiene, viu?


2. Alopecia

Uma das doenças capilares mais temidas, a alopecia tem como principal consequência a queda de cabelo além do normal. É preciso reforçar isso porque realmente é normal os fios caírem diariamente e isso faz parte do ciclo natural. No entanto, para cada um que morre, um novo deve nascer.


3. Psoríase

Essa é uma doença crônica, não contagiosa, que não tem a causa totalmente esclarecida. Dra. Paola explica que a psoríase está relacionada com a genética, com sistema imunológico e com a resposta inflamatória do organismo. Seu principal sintoma é a presença de placas avermelhadas e descamativas.


4. Pediculose

Sabia que o hábito de tirar selfie com as amigas pode provocar uma doença no couro cabeludo muito conhecida das crianças? “A pediculose é causada pelo parasita conhecido como piolho. Hoje em dia, a contaminação ocorre muito mais devido às selfies duplas ou coletivas, já que as pessoas encostam as cabeças para fotografar”.


5. Tinha

A micose do couro cabeludo é uma lesão localizada, com placas descamativas e perda dos cabelos nessa região afetada. É mais comum em crianças do que em adultos.


Existe prevenção para doenças do couro cabeludo?

Como alguns desses problemas possuem um cunho genético, eles não podem ser totalmente evitados, mas sim controlados. “De qualquer forma, uma alimentação saudável e a manutenção de um couro cabeludo limpo são capazes de combater a descamação e evitar algumas causas da queda”, diz Kédima.

image

Leave a Comment