Como transportar açai para viagem

O transporte de animais para outro estado é uma ação que deve ser planejada e pesquisada, a fim de que seja feita a melhor escolha para transportar os animais. Por isso, opte pelo tipo de viagem que seja menos cansativa e cômoda para os animais, a fim de evitar casos de estresse animal que podem causar incômodos nos demais passageiros.

Full
Answer

Quais são as condições de transporte de passageiros e bagagens fornecidos pela AmericanAirlines?

Todos os transportes de passageiros e bagagens fornecidos pela American Airlines estão sujeitos aos termos destas Condições de Transporte, para além de quaisquer: Termos impressos em qualquer bilhete, invólucro de bilhete ou recibo de bilhete

Quais são as regras para o transporte de animais na TAP?

A TAP aceita o transporte de animais na cabine ou no porão dependendo do peso, tamanho e espécie do animal. Quando viaja com animais, o passageiro necessita de: – providenciar a comida e água necessárias para a viagem. – Leia aqui as regras para o transporte de animais nos voos da TAP.

Quais animais são autorizados nos voos por carga aérea?

a viagem tem como destino um país que apenas autorize o transporte de animais por carga aérea. Os cães ou gatos de focinho curto, como os cães de raça pug, buldogue, boxer, pequinesa, shih-tzu ou os gatos persas ou birmaneses, são autorizados nos voos por carga aérea operados pela Air France.

Quais animais podem ser aceitos como bagagem na cabine de passageiros?

Os animais domésticos ou de estimação, tais como cães, gatos e pássaros, etc., que cumpram as Limitações legais e de documentação, podem ser aceitos como bagagem no compartimento de carga (porão) ou na cabine de passageiros. Para poder viajar na cabine, os animais deverão ter um determinado peso e tamanho, exceto quando se tratem de Cães-guia.


Vai voar com um dos nossos parceiros?

Encontre aqui tudo o que precisa de saber quando viajar com um dos nossos parceiros, desde a sua política de atribuição de lugares a informações sobre lounges.


Perdeu alguma coisa?

Caso se tenha esquecido de um artigo num avião ou numa zona operada pela American, no aeroporto ou num controlo de segurança, visite a nossa página de perdidos e achados para que o possamos ajudar.


1. Tipos de bagagem

Nas viagens de avião existem dois tipos de bagagem: a despachada (ou de porão) e a bagagem de mão. É importante saber a diferença entre elas e as regras próprias, pois determinados itens só podem ser despachados, enquanto outros recomenda-se que sempre sejam levados na mala de mão. Vamos começar falando sobre a bagagem despachada:


2. O que é bagagem despachada?

São as malas maiores, que vão no bagageiro do avião. Elas são entregues na hora que você faz o check-in no aeroporto de embarque e são devolvidas ao passageiro no destino. Quando o passageiro despacha a mala, ele recebe um comprovante, que deve ser guardado para conferência ou no caso da mala se extraviar (não chegar no destino).


2. Em voos com conexão, onde pego a bagagem despachada?

Esta é uma dúvida muito comum e não há uma regra fixa. Na hora do check-in, a companhia aérea informa ao passageiro onde ele irá retirar sua bagagem. Normalmente é no aeroporto do destino final, mas há casos em que se retira na conexão para se despachar novamente. Por exemplo: um voo de Porto Alegre a Madri com conexão em São Paulo.


3. Posso despachar malas grátis?

Para responder isso, precisamos antes explicar que as passagens aéreas não são todas iguais. Existem várias classes de tarifas e cada uma delas tem um preço e benefícios diferentes. Geralmente, as tarifas mais baratas, especialmente as promocionais são mais restritas e não dão direito a malas despachadas, que precisam ser pagas à parte.


4. Qual o limite de peso e malas que posso despachar?

Como vimos, isso vai depender da companhias aérea e da classe tarifária da sua passagem. Se não tiver visto na hora da compra, essa informação estará em sua reserva ou no site da companhia. Se não encontrar, você pode ligar para a companhias aérea ou para a agência de viagens para verificar. De uma forma geral:


7. O que é bagagem de mão?

Além da bagagem despachada, o passageiro tem direito a levar consigo uma bolsa, mala ou mochila com pertences pessoais e itens de valor, como dinheiro, aparelhos eletrônicos, remédios, etc. É a chamada bagagem de mão. Na hora do check-in, essa bagagem pode ser pesada ou medida pela companhia.


8. Mala de mão e item pessoal

Cada companhia aérea define o que você pode levar como bagagem de mão – a única coisa determinada por lei é que cada passageiro pode levar até 10 quilos sem custo. A maioria das empresas aéreas permite que se leve uma mala pequena e também um item pessoal, como uma mochila, sacola ou bolsa, que caiba embaixo do assento à frente de você.


Bagagem em geral

Antes de entrar nos artigos especiais é importante ter uma noção geral de peso e volume que pode ser transportado livremente. Os países do cone sul que fazem parte do Mercosul também entram no limite de 23Kg. Para outros destinos, considera-se a soma de 64 Kg por passageiro.


Eletrônicos

Na hora de despachar eletrônicos, é importante que eles estejam desligados. Caso o aparelho possua bateria líquida, ele não poderá ser transportado. Eles também não podem ultrapassar os limites de dimensão e peso delimitados por cada companhia aérea.


Instrumentos musicais

Os instrumentos menores podem ser considerados bagagem de mão. Mas os instrumentos maiores devem ser transportados em um assento adicional, que é pago separadamente, ou no porão da aeronave.
O instrumento deve ser transportado com cuidado, sem áreas pontiagudas expostas e bem protegido.


Artigos esportivos

Para transportar a bicicleta em um avião os seus pneus devem estar vazios e a roda da frente desmontada e fixada ao quadro. Além disso, os pedais devem ser retirados e o guidão deve ser alinhado ao quadro. A bicicleta também deve ser guardada em uma caixa ou devidamente embalada.


1. Conheça as restrições para bagagem de mão

Em voos domésticos, é permitido levar até 5 litros de bebidas com até 70% de graduação alcoólica, lacradas pelo fabricante. Fique atento ao peso total da bagagem de mão, cujo limite é de 10 kg.


3. Varie os rótulos

Você se apaixonou por um vinho de uma safra especial e quer trazer um estoque que vá durar anos em sua adega? Cuidado! O fiscal da alfândega pode deduzir que você revenderá os vinhos e, portanto, terá que pagar os impostos devidos. Para não colocar em risco a isenção de taxas em compras, que é de US$ 500 por pessoa, varie os rótulos.


4. Proteja as garrafas

Plástico bolha é uma opção comum para a proteção de garrafas de vinho, mas nem sempre a mais adequada. Se possível, opte por uma jet bag. Trata-se de uma bolsa plástica com uma esponja sob o revestimento: caso uma garrafa se quebre, o líquido não manchará suas roupas.


5. Escolha a mala adequada

Há disponíveis no mercado malas específicas para o transporte de até 18 garrafas de vinho. Caso queira trazer muitos rótulos, essa é uma boa opção. Porém, se não quer investir em uma mala somente para esse propósito, opte por malas rígidas, que manterão as garrafas mais protegidas.

Leave a Comment