Onde fica o palmito do açaí

image

Full
Answer

Qual é a origem do palmito?

Originalmente o palmito era extraído da palmeira Juçara (Euterpe edulis), que possui palmito de altíssima qualidade, mas um ciclo de produção longo; tendo uma exploração predominantemente extrativista, encontra-se por isso em vias de extinção. O palmito leva mais de 7 anos para crescer até o tamanho de corte.

Quais são os diferentes tipos de Palmitos?

O palmito é um alimento bastante conhecido e consumido, extraído de alguns tipos de palmeiras. Dentre eles, está o palmito de açaí, que vem do açaizeiro, mas também há a palmeira-juçara e a pupunheira. Um dos palmitos mais procurados é o palmito juçara que, por ter uma extração mais agressiva, pode entrar em extinção.

Como são conservados os palmitos?

Os palmitos são conservados em salmoura e consumidos frios acompanhando saladas ou cozidos em diversas receitas. A extração do palmito de certas palmeiras, como a Juçara e a Palmeira Real Australiana, implica a morte da palmeira, uma vez que seu meristema apical é eliminado.

Como são contratados os palmiteiros?

Os palmiteiros são contratados em regiões pobres, como as cidades do Vale do Ribeira, sul de São Paulo, região de Guaraqueçaba e litoral paranaense e deixados próximos as Florestas Nativas. À noite os palmiteiros entram na mata, cortam e carregam feixes de até 50 palmitos. Cada feixe representa uma árvore morta.

image


Onde fica o palmito do açaí?

A planta ocorre em regiões pantanosas em estuários dos rios como o Amazonas e Tocantins, além de outros rios. O açaizeiro também é um alimento essencial para populações ribeirinhas, que utilizam inclusive os saborosos frutos de açaí.


Onde Vem o palmito?

O palmito pode ser extraído do caule de diversas espécies de palmeiras, mas as comumente encontradas para consumo são as da juçara, da pupunha e do açaizeiro (ou açaí). A palmeira juçara (Euterpe edulis) é nativa da Mata Atlântica, enquanto que as outras espécies são da Amazônia.


Qual a diferença de pupunha e palmito?

Palmito pupunha: Apresenta sabor suave, possui um tamanho maior e é mais macio se comparado aos outros. Palmito juçara: Nativo da Mata Atlântica, geralmente é mais vistoso e carnudo que os demais palmitos. Sua forma de extração é agressiva e já levou a palmeira a correr risco de extinção.


Qual é a parte do palmito que comemos?

A parte comestível é a ponta da palmeira (cerca de 30 cm!). O palmito tem poucas calorias e gorduras, é rico em sais minerais, como cálcio, fósforo e ferro. Também é uma boa fonte de vitamina C e, em menores quantidades, de vitaminas do complexo B.


Como é feita a extração do palmito?

“O palmito só é extraído da árvore que está muito alta, cuja colheita é difícil”, afirma Velasco. Segundo ele, esse manejo é adequado, pois é possível ‘repor’ a planta na natureza, já que outras estão crescendo. “Uma árvore que é cortada já deu açaí por quinze anos, então elegemos ela”, diz.


Como é a plantação de palmito?

Como semear o palmito pupunha? A maneira mais indicada é semear a pupunha utilizando tubete de 290 ml. Deve-se encher a capacidade do tubete com 80% de substrato e 20% de pó de serra na parte superior. A germinação ocorre de 90 a 120 dias.


Qual o melhor palmito de pupunha ou açaí?

– Pupunha: O mais nobre dos palmitos é o pupunha. Com um sabor mais suave, ele possui um tamanho maior e é mais macio, se comparado aos outros. – Açaí e Juçara: São os mais comuns, mais vendidos e mais conhecidos. Possuem tamanhos parecidos e sabores mais marcantes que o pupunha.


Como identificar o palmito?

O verdadeiro palmito macio está apoiado ao fundo do vidro. Se ele estiver boiando, isso quer dizer que ele está sendo mal oxigenado, o que faz com que ele endureça.


Qual é a árvore do palmito?

Euterpe edulisO palmito-juçara tem o nome científico de Euterpe edulis e pertence à família das Palmae. Sua maior incidência ocorre do sul da Bahia ao Rio Grande do Sul em toda a Mata Atlântica. Seu maior interesse está na exploração do palmito. Sua madeira, muito dura e resistente, pode ser utilizada, desde que em ambiente seco.


É perigoso comer palmito?

Riscos e contraindicações. Os riscos de consumo estão relacionados à extração e ao manuseio do palmito. Quando são realizados de forma inadequada, podem contaminar o alimento com a bactéria Clostridium botulinum, que é responsável pelo botulismo.


Pode comer palmito todos os dias?

O alimento, em suas mais variadas formas de consumo (seja assado, na salada, grelhado e até in natura) é um produto versátil e perfeito para compor as mais variadas preparações do nosso dia a dia. Fonte de importantes substâncias para o bem-estar do corpo, esse vegetal também pode atuar até na prevenção de doenças.


Qual palmito não pode comer?

Não só o palmito juçara como o palmito de outras palmeiras podem ser contaminados pela bactéria Clostridum botulinum, que produz uma toxina causadora do botulismo.


Acesso e horários

O acesso ao Parque Estadual do Palmito se dá pela rodovia PR 407, na altura do km 4,5. Os fundos do parque são as áreas dos manguezais da Baía de Paranaguá.


Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade, incluindo o recebimento de conteúdos e promoções da Gazeta do Povo. O descadastramento pode ser feito a qualquer momento neste link.

image

Leave a Comment